Entrevista ainda repercute

0

A entrevista da Senadora Maria do Carmo ao Cinform, que circulou na última segunda-feira, conturbou o ar político vivido entre o PFL e o PSDB. Estes últimos não gostaram das críticas desferidas pela Senadora, principalmente quando ela diz que não vai abrir mão de sua candidatura à reeleição para satisfazer os caprichos do sr. Albano Franco.

Alguns integrantes do PSDB já admitiam ontem que não vão ligar para a coligação e vão cuidar cada um de si. Um alto prócer do partido dizia que as declarações do governador João Alves Filho publicadas ontem, embora tivessem um tom conciliador, não significava muito porque ele não está com autoridade de impor seu pensamento dentro da sua própria casa.

Oficialmente, o PSDB não vai responder à Senadora Maria do Carmo, deixando essa tarefa ao próprio Albano Franco, se ele achar necessário. As secretarias criticadas pela Primeira Dama, como a Comunicação e a Educação, vivem dias de constrangimento, muito embora o governador tenha defendido o trabalho do sr. César Gama.

Por Ivan Valença

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais