Estudantes e governo chegam a consenso sobre reivindicações

0

Os estudantes do ensino médio da rede estadual consideraram produtiva a reunião que tiveram na manhã desta quinta-feira, 21, com o secretário de Estado da Educação, José Fernandes Lima. Não houve consenso em apenas um dos pontos da pauta proposta pelos membros da União Sergipana dos Estudantes Secundaristas (Uses).

 

A Seed se comprometeu a apresentar, em um prazo de 10 dias, um calendário de reformas das escolas, e a cada mês, devem ser iniciadas 10. De acordo com Junior Leite, presidente da Uses, o secretário informou na reunião que os dois servidores envolvidos com as denúncias de superfaturamento da merenda escolar foram afastados ontem, 20.

 

Foi entregue aos alunos uma cópia da lei que será enviada à Assembléia Legislativa sobre a Gestão Democrática nas escolas. Eles irão apresentar uma contraproposta ao governo. Quanto à vaga para a Uses no Conselho de Alimentação Escolar (CAE), a Seed se comprometeu a estudar a partir de amanhã uma maneira jurídica de viabilizar isso.

 

O único ponto em que não houve consenso foi quanto à existência dos Centros de Excelência de Ensino. “Nós não concordamos com isso, são centros de exclusão, na verdade. As outras escolas continuam sem estrutura adequada”, argumenta Junior Leite. A Uses afirma que os centros não deveriam existir e todas as escolas deveriam ter a mesma boa estrutura. Mas o governo alega que isso não pode ser feito rapidamente.

 

Por Gabriela Amorim

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais