Ex-delegada é presa e encaminhada para presídio feminino

0
Julgamento da ex-delegada (Foto: Arquivo / Portal Infonet)

A ex-delegada da Polícia Civil (PC), Ana Isabel Ferreira Teixeira, foi presa e encaminhada para o Presídio Feminino. Conforme informações da PC, ela é foi condenada a 18 anos e seis meses de reclusão, acusada de matar o marido e por posse ilegal de arma. Ana Isabel aguardava julgamento de recurso em liberdade.

Segundo o Delegado da PC, José Cardoso, ela foi detida na última segunda-feira, 7. “Ela mesma veio a delegacia e se apresentou a polícia para ser detida. Ela foi encaminhada ontem [segunda] mesmo para o presídio”, afirma.

Ele ainda acrescenta que a ex-delegada preferiu ser encaminhada à prisão e não recorreu até a última instância. “Ela podia recorrer a outras instâncias, porém preferiu o cumprimento penal”, avalia.

Entenda o caso 

Ana Isabel Ferreira Teixeira foi condenada pelo assassinato do agente civil Júlio César Teixeira, em 2004, que era marido da acusada, e também por posse ilegal de arma.

Ao contrário da tese do Ministério Público, os argumentos de defesa da ex-delegada afirma que ela não teve o intuito de matar o marido e que o alvo da ré seria os pássaros que estavam presos em uma gaiola, o que seria o grande motivo das desavenças ocorridas entre o casal.

Por Geilson Gomes e Kátia Susanna

Comentários