Ex-presidiário mata irmã na porta da residência

0
Local onde os tiros foram disparados (Foto: Portal Infonet)

“Minha irmã hoje é Dia de Finados, então é o seu dia porque você já é finada”. A frase teria sido pronunciada pelo ex-presidiário identificado como Antonio Ribeiro de Jesus Santos, momentos antes de disparar vários tiros contra a própria irmã, Valdina Maria Santos, 59, que faleceu no local do crime.

O assassinato aconteceu por volta das 19h na porta da residência da própria vítima, na rua Contorno 1, no bairro Santa Maria, em Aracaju. De acordo com um dos sobrinhos, Valdina estava sentada na porta da casa e o irmão se aproximou armado. “Foi ira. Ele já vinha ameaçando ela, dizendo que ia matar”, conta o sobrinho, que prefere permanecer no anonimato temendo uma reação do tio. “Ele é matador, frio. Na sexta-feira santa ele disparou uns tiros aqui mesmo, na Terra Dura, e atingiu uma outra pessoa e já disse que ia me matar também”, conta.

No domingo, 2, Tonho, como é conhecido, chegou na residência da irmã e nem ofereceu condições para ela se defender. Ao pronunciar a frase, ele sacou a arma e disparou os tiros. Uma equipe do Sistema de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada, mas a vítima faleceu no local do crime. O corpo chegou ao Instituto Médico Legal às 21h45 e a família já está adotando as providências legais para o sepultamento.

O acusado fugiu e ainda não foi localizado. Segundo a família, Tonho já foi preso por envolvimento em alguns homicídios. Uma das vítimas, segundo um dos sobrinhos, seria um policial militar. Há suspeita também que o acusado tenha envolvimento com o tráfico de drogas.

Por Cássia Santana

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais