Exército em Sergipe está preparado para conter óleo em Mangue Seco

0
Aproximadamente 50 militares podem ser deslocados para divisa entre SE e BA (Foto: Arquivo/Portal Infonet)

O 28º Batalhão de Caçadores do Exército Brasileiro, em Sergipe, recebeu nos últimos dias um alerta da 6ª Região Militar que pode haver a requisição de militares sergipanos para ajudar a conter o avanço do óleo na região de Mangue Seco, que fica na divisa entre os estados de Sergipe e Bahia. A informação foi confirmada pelo próprio comandante do 28º BC, o coronel José Fernandes Carneiro.

Atualmente o Exército, em Sergipe, tem atuado com até 50 militares na retirada do óleo, dentro da grande Operação Amazônia Azul para limpeza das praias afetadas pelas manchas. Se houver requisição, de acordo com o coronel Carneiro, esse número deve dobrar, mas metade do efetivo será deslocado para a região de Mangue Seco, conforme ordem do Centro de Coordenação de Preparo e Emprego da 6ª Região Militar.

“Ainda se está avaliando qual o nível afetado lá na região, mas estamos aguardando, a postos, e se necessário, ou seja, se chegar a missão, faremos esse emprego da tropa para deixar nossas praias limpas para o lazer da população, para as atividades econômicas e uso geral da sociedade brasileira” , explicou Carneiro.

Nesta semana, ainda de acordo com o 28º BC, os militares trabalharam nas praias da Barra dos Coqueiros, Pirambu e Atalaia. Em Sergipe, o Exército tem atendido as coordenadas da Capitania dos Portos. Nesta terça-feira os militares não estão nas praias, mas de acordo com o comandante, “permanecem de sobreaviso para serem acionados a qualquer tempo”.

Por Ícaro Novaes

Comentários