Explosão de cashs: polícia mantém investigações

0

Polícia investiga autores de explosões de cashs eletrônicos em Sergipe (Fotos: Portal Infonet)

O diretor interino do Cope, delegado Jonhatas Evangelista

O Centro de Operações Policiais Especiais de Sergipe (Cope) continua investigando o envolvimento de quadrilhas em assaltos seguidos de explosões de cashs eletrônicos em instituições bancárias localizadas do interior sergipano.

De acordo com o diretor interino do Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope), delegado Jonathas Evangelista, somente neste ano, já foram registrados no estado, quatro explosões de cashs eletrônicos. Apenas uma prisão na modalidade foi registrada, na qual a polícia conseguiu desarticular na última quarta-feira, 26, uma quadrilha que vinha agindo em cidades interioranas dos estados de Sergipe e Alagoas. “Continuamos investigando, por meio do nosso setor de inteligência, a participação de autores de roubos e explosões para identificá-los e realizarmos as prisões”, informou.

O delegado acredita que a ação de criminosos em instituições bancárias se dá pela fragilidade do sistema de segurança das agências. “Provavelmente, os roubos acontecem com maior freqüência em cidades do interior pela fragilidade do sistema de segurança de agências bancárias, bem como a falta de efetivo de policiais, que acaba contribuindo para a ação dos assaltantes”.

Para Jonathas, as ações dos criminosos ocorrem sempre da mesma maneira. “É o que vemos na imprensa nacional. Esses bandidos primeiro fazem rondas na cidade para saber o movimento e escolhem um dia para praticar o roubo, fazendo reféns, estourando as agências, e pegando o dinheiro. Após a ação, eles liberam os reféns e em seguida vão embora”, disse o delegado.

Por Leonardo Dias e Verlane Estácio

Comentários