Exposição “Centro Histórico de Aracaju – 1911 a 1940” continua aberta

0

Permanece aberta, por tempo indeterminado, a exposição “Centro Histórico de Aracaju – 1911 a 1940”, que acontece no Arquivo Público Municipal. A exposição foi montada pela historiadora Naide Barboza, e é fruto de sua pesquisa que resultou no livro “Em Busca de Imagens Perdidas: centro histórico de Aracaju – 1900-1940”. Dividida em três módulos, a exposição traz o início da modernização da capital (1911-1920), que só acontece após o fim da 1ª Guerra Mundial, época em que Aracaju adquire a posição de centro econômico do Estado, despertando o interesse dos empresários e governantes para a aplicação de recursos na melhoria da cidade. No segundo módulo, a exposição destaca o apogeu da modernização (1921-1930), período de reformas e embelezamento das praças, que teve como uma das novidades o relógio público, o mictório e a pavimentação com paralelepípedos dos seus contornos. Os anos de (1931-1940) estão sendo abordados no terceiro módulo, que relata uma das fases econômicas mais difíceis de Aracaju, quando o Governo Getúlio Vargas promoveu a diversificação agrícola do Centro-Sul do país, afetando a exportação de produtos nordestinos. A exposição pode ser visitada de segunda à sexta-feira, das 7 às 18 horas. Maiores informações pelo telefone (0xx79) 3179-1381.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais