Famílias do Batistão cobram liberação do auxílio-moradia

0

Ademir e a família estão residindo no 18 do Forte (Foto: Portal Infonet)

Famílias que residiam na área do Estádio Lourival Batista, o Batistão e tiveram que ser desalojadas por conta das reformas, informaram na manhã desta quarta-feira, 12, que ainda não receberam o auxílio-moradia por meio da Secretaria de Estado da Inclusão Social. Na Seides, a informação é de que tão logo seja protocolada toda a documentação e abertura das contas correntes no Banco do Estado de Sergipe (Banese), o dinheiro é liberado.

“A Seides mandou a gente procurar as casas, fazer os contratos. A gente se mudou no feriado de Corpus Crhisti, mas até agora não recebemos nada de auxílio-moradia. Vamos continuar aguardando”, destaca Ademir Silva, acrescentando que alugou uma casa no valor de R$ 370 no bairro 18 do Forte.

De acordo com a assessoria de Comunicação da Seides: “o trâmite do aluguel social para as quatro famílias está sendo realizado. A primeira parcela é liberada após a entrega de toda a documentação no setor de Protocolo e após a abertura de conta corrente no Banese para que o depósito possa ser feito pela Secretaria, no valor de R$ 300 para cada família”.

Por Aldaci de Souza

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais