Famílias do Morro do Avião protestam contra desocupação e pedem cadastro

0

Moradores alegam não ter para onde ir (Fotos:Portal Infonet) 
Nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira, 30, os ex-moradores do Morro do Avião, localizado no bairro Santa Maria, resolveram protestar em frente ao Centro de Referência de Assistência Social (Cras) daquela localidade.

De acordo com as pessoas que permanecem no local, a Prefeitura não contemplou a todos os moradores e muitos dos que tiveram os barracos derrubados, alegam não ter para aonde ir. Mães com crianças no colo e idosos afirmam que dormiram na calçada do Cras e só vão deixar o local quando forem incluídos no cadastro para conquista da casa própria.

Após bloquear a avenida principal do bairro com a queima de pneus, os moradores tentaram invadir o Centro. O clima ficou

Moradores dizem que dormiram em frente ao Cras
tenso e foi necessária a presença do Batalhão de Choque da Polícia Militar no local.

A equipe do Portal Infonet acompanhou na tarde da última quinta-feira, 29, a retirada das últimas famílias do Morro do Avião. Nesta sexta pela manhã, no lugar de barracos havia somente entulhos. Algumas pessoas estavam catando os restos de materiais de construção.

Durante a desocupação, a secretária de assistência social da Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA), Rosária Rabêlo, afirmou que a confusão feita pelos populares tem a intenção de enganar a PMA. Segundo ela a área tinha cerca de 50 pessoas cadastradas e quando os cadastro começaram a ser realizados, repentinamente, o

Policiais do Batalhão da Choque permanecem no local
número de barracos triplicou.

“A Prefeitura não vai pactuar com esse tipo de prática, pois a prioridade para receber as casas é de quem realmente precisa. Tem pessoas aqui cujas mães já ganharam suas casas no bairro 17 de Março e agora voltaram a montar barracos. Nós identificamos as pessoas que não têm onde morar; que realmente necessitavam”, observa.

 

 

 

Por Kátia Susanna

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais