Feminicídio em Dores: suspeito do crime é preso pela Polícia Civil

0
Ele foi detido no momento em que tentava fugir de Sergipe, na região do Mosqueiro, em Aracaju (Foto: Divulgação SSP/SE)

Equipes da Polícia Civil de Nossa Senhora das Dores prenderam Denilson Dias dos Santos, conhecido como “Loucura”, suspeito de ser o autor do feminicídio que vitimou Ladyslanne Viana dos Santos, no dia 2 de outubro deste ano. Ele foi localizado, após informações recebidas pelo Disque-Denúncia (181), em uma rodovia na região do Mosqueiro, em Aracaju, no momento em que tentava fugir para a Bahia, na noite dessa quinta-feira, 10.

De acordo com a delegada Maria Zulnaria, após o pedido feito pela Polícia Civil à população para o envio de informações que pudessem ajudar na localização dele, vários telefonemas foram recebidos. “Desde a última quarta-feira, quando foi veiculado o pedido da polícia para a colaboração da população, passamos a receber vários disque-denúncias dando conta do paradeiro do suspeito”, citou.

As informações foram verificadas e permitiram a prisão do suspeito no momento da tentativa de fuga, já em Aracaju. “Todos os disque-denúncias foram diligenciados. Em alguns, constatamos que ele tinha passado por aquele local. Por volta das 20h, recebemos a última informação dando conta de que ele estava fugindo para a Bahia pelo Mosqueiro, e dava características do veículo em que ele estava”, complementou.

Com as características do veículo, foi dada ordem de parada pelos policiais. “Seguimos com a equipe policial e, ao avistarmos o veículo que se assemelhava com as características passadas na denúncia, nós ligamos a sirene e demos ordem de parada, foi quando acelerou ainda mais. Percebendo que ele estaria no veículo e foi iniciada uma perseguição policial”, detalhou a delegada.

O suspeito foi preso e encaminhado à Central de Flagrantes, onde foram adotados os procedimentos cabíveis ao cumprimento da decisão judicial. “Conseguimos abordar o veículo, demos voz de prisão e o encaminhamos à Central de Flagrantes, onde tomamos as providências para o cumprimento do mandado de prisão. Ele se reservou ao direito de permanecer em silêncio e foi encaminhado a uma das delegacias da capital, onde está à disposição da Justiça”, ressaltou Maria Zulnaria.

Feminicídio

O crime foi praticado no dia 26 de outubro na cidade de Nossa Senhora das Dores. No dia do crime, os policiais foram acionados para o atendimento de uma ocorrência de suposto suicídio. A vítima foi encontrada, já sem vida, na entrada da residência e com uma corda ao lado. O marido dela, o Denilson, teria sido o primeiro a encontrar o corpo. No depoimento, negou qualquer envolvimento com a morte da vítima, afirmando que saiu de casa e, ao retornar, a encontrou sem vida. Mas, as investigações reuniram indícios suficientes de que houve o feminicídio e que foi praticado pelo investigado.

Fonte: SSP/SE

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais