Fim dos lixões no B. S. Francisco pode ocorrer em um ano

0
Fim dos lixões foi discutido na manhã desta terça-feira, 27 (Foto: Portal Infonet)

A discussão sobre o fim dos lixões no Baixo São Francisco chega a sua fase final. Na manhã desta terça-feira, 27, a implantação do consórcio na Região do Baixo São Francisco, foi mais uma vez discutida. O projeto tem como objetivo acabar com resíduos sólidos, e lixões. Representantes das 28 Prefeituras das cidades estiveram reunidas no auditório do Hotel Mercury. O prazo para implantação, que estava prevista para agosto, foi prorrogado para mais um ano.

Para o presidente da Federação dos Municípios do Estado de Sergipe (Fames), Antônio Rodrigues, a medida pode prejudicar as pefeituras , que terão que disponibilizar áreas para que o projeto seja implantado. Segundo Rodrigues, são mais de 26 hectares de terra, mas alerta que os municípios não possuem essas áreas.

Eles explica “Está chegando um momento que passaremos para a fase de implantação desses consórcios para fazer a construção dos aterros sanitários. Os município escolhidos terão alguns critérios, que são áreas públicas. Entretanto, são 26 hectares e os municípios não têm essa áreas, então teremos que desapropriam e isso será um problemas, pois não temos recursos”, relata.

De acordo com o secretário de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, Genival Nunes, o prazo para a implantação definitiva do projeto foi prorrogado por mais um ano. Nunes garantiu ainda, que a secretária busca recursos com outras instituições para garantir a implantação do Consórcio.

“Estamos fechando alguns detalhamentos para que possamos ter ajuda de recurso. Esse projeto envolve 28 municípios discutindo lixo e isso é um fato histórico. O estado elaborou um plano de resíduo sólido dentre outras iniciativas. Hoje estamos discutindo a fase final, a gente está no caminho para resolver o projeto do lixo no Baixo São Francisco” conta.

Consórcio Público

Com 152. 874 de habitantes (população urbana), o território do Baixo São Francisco produz por dia, 129.942 toneladas de lixo. Atualmente, de acordo com diagnóstico encomendado pela Semarh, o território é composto por 17 lixeiras. Sendo quatro localizadas em povoados e 13 em sedes municipais.

O consórcio do Baixo São Francisco tem perspectiva de  ser consolidado no próximo mês de setembro, quando vereadores e prefeitos elegerão a mesa diretora do consórcio público.

Comentários