Flagrante: violência doméstica e tráfico predominam na Plantonista

0
Presos em flagrante aguardam posição judicial em audiência de custódia (Foto: Ascom SSP/Arquivo)

No plantão policial iniciado na noite da sexta-feira, 14, foram registrados três diferentes casos de violência contra a mulher, com a prisão em flagrante dos homens acusados, que aguardam os desdobramentos que ocorrerão nas respectivas audiências de custódia que ocorrerão no Fórum Gumersindo Bessa, em Aracaju. Mas o crime de tráfico de drogas predominou entre as ocorrências policiais neste período, com cinco procedimentos relacionados a prisões em flagrante, cujos acusados aguardam posição do juiz plantonista em audiência de custódia. Em um dos procedimentos relacionados a tráfico de drogas, há uma mulher envolvida.

As prisões foram realizadas pela Polícia Militar e os respectivos flagrantes foram conduzidos pela Polícia Civil, na Central de Flagrantes da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), e também pelo Departamento de Narcóticos (Denarc).

Estão na relação das audiências de custódia marcadas para este sábado, 15, os 12 flagrantes, decorrentes das prisões de 15 pessoas. Conforme os dados do Poder Judiciário, são três procedimentos decorrentes de violência doméstica, cinco por tráfico de drogas, dois por roubo e também outros casos caracterizados como dano qualificado e um casal que foi preso por estar armado.

Houve também durante o plantão, um caso em que um homem foi preso em flagrante acusado por resistência e desacato à autoridade policial. Neste caso, o homem já participou de audiência de custódia e foi posto em liberdade, mediante pagamento de fiança no valor de R$ 1 mil. O flagrante foi homologado pelo juiz plantonista e o processo tramitará regularmente, com o acusado amparado pelo direito de respondê-lo em liberdade.

por Cassia Santana

Comentários