Flexibilização das visitas nos presídios deve ocorrer em setembro

0
Há uma perspectiva para que no começo de setembro, haja uma flexibilização de forma gradativa das visitas (Foto: arquivo/ Portal Infonet)

A Secretaria de Justiça, Trabalho e Defesa do Consumidor (Sejuc) explica que as medidas tomadas para evitar o contágio em massa da Covid-19 no sistema prisional foram definidas em um plano de contingência, baseado em normas recomendadas pelo Departamento Penitenciário Nacional (Depen) e pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Famílias de internos realizaram um ato para cobrar o retorno das visitas.

Há uma perspectiva para que no começo de setembro, haja uma flexibilização de forma gradativa das visitas, mas sempre de acordo com os preceitos de segurança para que não aconteça uma contaminação em massa dentro dos presídios do estado.

Em Sergipe, houve apenas 16 casos de internos positivados com a doença até o momento, justamente pela aplicação correta desse plano. A Sejuc está adequando as unidades prisionais.

O Estado está acompanhando as orientações a nível nacional, junto com o Grupo de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário (GMF), do Tribunal de Justiça, e com a Secretaria de Estado da Saúde (SES), que fornecerá as orientações para o retorno das visitas.

Todas as medidas tomadas até o momento foram essenciais para a segurança dos internos, familiares e servidores do sistema prisional, com resultados extremamente positivos.

Fonte: Sejuc

Comentários