Funcionários da Segrase realizam protesto

0

Os funcionários da Empresa de Serviços Gráficos de Sergipe – Segrase – estão realizando um protesto na manhã de hoje, em frente ao prédio da instituição, que iniciou com um café da manhã simbólico, contra a proposta do Governo do Estado que pretende transformar a Empresa em autarquia especial. Segundo a comissão de funcionários, inicia-se hoje uma paralisação das atividades.

 

“Nós estamos promovendo esse ato simbólico para chamar atenção da sociedade e dos deputados para que não votem a favor desse projeto. Estaremos aqui até às 13 horas. Em seguida, ainda hoje, iremos para as galerias da Assembléia Legislativa para acompanhar a sessão naquela casa. Amanhã, às 8 horas, deveremos participar de uma reunião com o secretário de Governo do Estado, Nicodemos Falcão”, explicou Ronaldo Wilson, membro da comissão de servidores e presidente do Sindicato dos Gráficos de Sergipe.

 

Amanhã, no encontro com Falcão, o grupo, juntamente com a diretoria da empresa, deve discutir a proposta do governo. “Esta é uma decisão governamental, decorrente de estudos feitos pela Fundação Dom Cabral. Ela tem três objetivos: fazer economia; garantir que os funcionários não tenham prejuízos e reestruturar a administração estadual para que a empresa possa continuar prestando os mesmos serviços”, esclareceu Nicodemos Falcão.

 

O projeto que transforma a Segrase em Departamento Estadual de Serviços Gráfico – Degrase -, segundo a comissão, tira autonomias financeira, patrimonial e administrativa do órgão. “Mas temos esperança que os deputados não aprovem essa proposta. Após esse processo eleitoral municipal houve uma série de problemas entre o Governo e sua base na Assembléia e a gente tem sentido o clima de insatisfação, então alguns deputados poderão vota com os trabalhadores da Segrase”, torce Wilson.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais