Funcionários param atividades e cobram cumprimento de acordo coletivo

0
Funcionários ficaram concentrados em frente a sede da empresa (Foto: Sinttel/SE)

Funcionários da empresa R2 Telecomunicações, empresa que presta serviço para a Vivo, paralisaram as atividades por algumas horas no início da manhã desta segunda-feira, 21. Os funcionários reivindicam o reajuste salarial e ajustes das escalas de plantão, firmados em acordo coletivo.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações de Sergipe (Sinttel/SE), cerca de 110 funcionários trabalham na empresa e estão com os salários desatualizados e trabalhando praticamente todos os finais de semana. “ Firmamos um acordo coletivo que ficou aprovado reajuste de 4,78% no salário, a data base é dia 1º de junho, e ficou pactuado que nas escalas de plantão todos os funcionários teriam que ficar dois finais de semana por mês, no mínimo, sem trabalhar. Mas, o que acontece é que os funcionários trabalham quase todos os finais de semana”, conta Iaraci Maria Silva, presidente do Sinttel/SE.

A empresa, segundo o sindicato, insiste em descumprir o acordo coletivo, por essa razão os funcionários paralisaram as atividades. “ Conversamos algumas vezes, e quando ficou acertado que teria a paralisação, a empresa disse que pagaria o salário reajustado na folha de outubro, e que ia parcelar em duas vezes o retroativo, mas a proposta não foi aceita. Hoje, após a paralisação, a empresa se comprometeu a pagar o salário reajustado e o retroativo a junho já na folha de outubro, e que a partir de novembro as escalas de plantão serão conforme pactuado no acordo coletivo. Com isso, os funcionários voltaram ao trabalho”, explica.

O Portal Infonet tentou contato com a gerência da empresa R2 Telecomunicações de pré-nome, S David, e com a responsável pelo RH, Charlene, mas não obteve êxito. O Portal Infonet está à disposição através do telefone (79) 2107-8600 ou através do e-mail jornalismo@infonet.com.br.

Por Karla Pinheiro

Comentários