Gol já está com pertences das vítimas de acidente com o vôo 1907

0

A Força Aérea Brasileira (FAB) entregou para a Gol Linhas Aéreas os pertences dos passageiros que estavam no vôo 1907, que caiu no dia 29 de setembro no Mato Grosso, matando os 154 ocupantes da aeronave, incluindo vítimas sergipanas.

Segundo comunicado da Gol divulgado nesta sexta-feira, o material ficará aos cuidados da companhia, conforme determinação da Polícia Federal (PF). Os objetos serão limpos, esterelizados, fotografados e catalogados antes de a empresa entrar em contato com as famílias para a devolução dos objetos pessoais.´

N
ecropsia

Na semana passada, o Instituto Médico legal (IML) divulgou a conclusão da necropsia dos corpos das vítimas do acidente. Os atestados apontam que os passageiros morreram em decorrência de politraumatismos e não devido à despressurização da cabine. Os ferimentos teriam ocorrido após as pessoas serem lançadas de dentro do avião.

Na última quarta-feira, 22, o IML de Brasília identificou a última vítima do acidente. Marcelo Paixão Lopes foi reconhecido por meio de exame DNA em fragmentos de ossos.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais