Governo aumenta micro-crédito para o PC-Conectado

0

O governo divulgou, no final da semana, as linhas gerais do PC Conectado – programa de computador popular com acesso à Internet, destinado à população de baixa renda. Para facilitar a compra do equipamento, o governo está propondo ao Conselho Monetário Nacional o aumento do microcrédito de R$ 600 para R$ 1.200. A taxa de abertura do microcrédito é de R$ 40, com juros de 2% ao mês e pagamento em 24 meses.

 

Outra proposta feita pelo governo ao Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) é a criação do FAT-Inclusão Digital. Seria uma linha de crédito direta ao correntista de banco público (Banco do Brasil, Caixa Econômica e Banco do Nordeste) para a compra do PC-Conectado. A taxa de juros do financiamento não deve passar de 2% ao mês. A proposta será analisada na próxima reunião do Codefat, no dia 22.

 

Por Ivan Valença

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais