Governo cria redutor para IRPF

0

O Governo Federal vai editar nos próximos dias a medida provisória que cria o redutor de R$ 100,00 na base de cálculo do Imposto de Renda das pessoas físicas. A medida entrará em vigor a partir de agosto. Resultado da negociação entre as Centrais Sindicais e o Governo, o desconto será aplicado sobre a renda líquida tributável. Ou seja, o salário mensal até dezembro, incluindo o 13º salário, menos as deduções permitidas (contribuição ao INSS, dependentes, etc.). Um trabalho com renda mensal brutal de R$ 1.600,00, por exemplo, com dois dependentes, terá redução de 64,9% no IR devido. De acordo com simulações da Receita Federal, esse contribuinte paga R$ 176 de contribuição ao INSS, tem dedução de R$ 212,00 pelos dois dependentes e o resultado é uma renda líquida tributável de R$ 1.212,00. O IR devido, nesse caso, seria de R$ 23,10. Com o redutor o imposto cai para R$ 8,10. Esse alívio, no entanto, só vale para este ano (salários de agosto a dezembro e o 13º). Mais notícias da área no site IR 2004.

Comentários