Graccho Cardoso: Sintrase quer que prefeito mantenha convocações

0
A reunião com o novo gestor acontece na última segunda-feira, 11. (Foto: Facebook do Prefeito Araquém Aragão)

Representantes do Sindicato dos Trabalhadores nos Serviços Públicos do Estado de Sergipe (Sintrase) se reuniram na última segunda-feira, 11, com o novo prefeito de Graccho Cardoso, Arakém Aragão, para tratar da situação dos convocados no último concurso público do município que estão sem poder assumir suas vagas.

De acordo com Diego Araújo, presidente do Sintrase, o prefeito entende que a quantidade de pessoas convocadas pelo antigo gestor está acima da necessidade real do município. Segundo Diego, o gestor ficou de fazer um levantamento da necessidade do município e voltará a se reunir com o sindicato. O concurso era para preenchimento de 46 vagas em diversas áreas e foram convocados cerca de 380 aprovados.

“Mantemos a defesa de que se a Prefeitura convocou é porque há necessidade. Tivemos a informação que 174 cargos em comissão foram exonerados para que os concursados pudessem assumir, e que 190 pessoas se aposentaram ano passado, então esses dados comprovam a vacância. O prefeito vai se reunir hoje com o Ministério Público e no dia 21 com o juiz da ação, e só após essa data, nos dará um retorno”, explica.

Diego afirma que o pedido do sindicato é que o prefeito faça o levantamento da necessidade do município, aproveite os convocados minimizando os danos sociais, e que faça a lotação dos últimos convocados. “No dia 22, vamos nos reunir novamente com o prefeito para ter uma definição. Nós queremos que ele mantenha os servidores que estão dentro da necessidade do município, e os que ficarem de fora nós entraremos na justiça para reparar a situação. O concurso não é ilegal e nem as convocações. São muitas pessoas em situação de vulnerabilidade porque largaram seus empregos, após a convocação do concurso, e hoje estão desempregados passando necessidades. É preciso resolver isso o quanto antes”, afirma.

Diego conta ainda que o Sintrase aguarda o aceite do sindicato como parte do processo para poder contestar a decisão da justiça que suspende as nomeações. A decisão suspende as nomeações e convocações dos aprovados acima do número de vagas do edital, inclusive, determina a suspensão da remuneração dos servidores que assumiram nessa situação. Segundo Diego, por enquanto, apenas os últimos convocados em dezembro não foram lotados.

O Portal Infonet tentou falar com a Prefeitura de Graccho Cardoso através dos telefones fixos que constam no site oficial da Prefeitura, mas a informação da operadora de telefonia é de que os números não existem. O Portal Infonet está à disposição da Prefeitura de Graccho Cardoso através do e-mail jornalismo@infonet.com.br.

Na rede social oficial do atual prefeito Araquém Aragão, ele fala da reunião que teve com os servidores e afirma que dialogou com o Sintrase sobre a questão dos concursados. “Ouvi suas demandas e pontuei sobre todo o contexto de descontrole financeiro que encontrei na administração municipal. Dentro da lei, desejamos o melhor para todos e para o município”, declarou o gestor em sua rede social.

Por Karla Pinheiro

Comentários