Greve de garis e margaridas chega ao fim em São Cristóvão

0
Servidores da limpeza pública deliberaram greve na última terça. (Foto: Ascom Sindilimp)

Os servidores que trabalham na limpeza pública do município de São Cristóvão decidiram suspender durante a última quinta-feira, 12, a greve da categoria que durou cerca de dois dias. A alegação do Sindicato dos Trabalhadores da Limpeza Pública e Comercial de Sergipe (Sindilimp) é de que a Loc Empreendimentos, empresa contratada pela gestão efetuou o pagamento do mês de novembro que estava em atraso.

De acordo com o presidente do Sindilimp, Anderson Vidal, a suspensão da greve ocorreu com ressalvas, pois a categoria ainda aguarda por uma definição da empresa acerca dos pagamentos do vale-alimentação e da segunda parcela do 13º salário. “Se não pagarem o vale [alimentação], faremos uma assembleia segunda-feira para decidir se retornamos à greve. Também estamos preocupados com a segunda parcela do 13º e na assembleia levantaremos a possibilidade de passar o natal paralisados”, destacou.

Ao Portal Infonet, a assessoria de imprensa da Prefeitura de São Cristóvão informou que tais pendências em andamento são de responsabilidade da empresa contratada via licitação emergencial. O portal também tentou ouvir os representantes da Loc Empreendimentos, mas não obteve êxito nas sucessivas chamadas telefônicas. O portal permanece a disposição e informações podem ser enviadas por e-mail jornalismo@infonet.com.br ou por telefone (79) 2106 – 8000.

por Daniel Rezende

Comentários