Grupo fará ato contra transformação da Zona de Expansão em bairros

0
José Firmou declarou que os moradores já haviam feito uma outra manifestação no dia 1° de maio deste ano (Foto: Arquivo Pessoal de José Firmo)

Os moradores do Robalo vão realizar uma nova manifestação na manhã desta quinta-feira, 3, no KM 7 da Rodovia dos Náufragos. O ato tem como objetivo protestar sobre a Lei n°5.373, de autoria do poder Executivo Municipal , aprovada na Câmara de Vereadores de Aracaju (CMA), que transforma a zona de expansão de Aracaju em seis bairros. 

De acordo com José Firmo, morador do Robalo e membro do Fórum em Defesa da Grande Aracaju, a manifestação iniciará às 9h e terminará às 11h30 desta quinta-feira, 3. Além disso, estarão participando da manifestação a população da zona de expansão, entidades militantes apoiadores da causa e vereadores da CMA que comparecerem ao local. “Nós estaremos com faixas, vamos distribuir panfletos e teremos carro de som”, explica.

Como a manifestação ocorrerá em uma rodovia, conforme o morador explicou, o trânsito será interrompido de forma gradativa durante o horário que o protesto acontecer. “Vai ser no método pare e siga. Ficaremos três minutos com o trânsito parado para distribuir os panfletos e levar nossa reivindicação e depois o trânsito volta a ser liberado por dez minutos”, pontua. “Em respeito às pessoas presentes, nós não iremos queimar pneus e nem causar maiores interrupções no trânsito. As atrações culturais, as faixas e a entrega de panfletos serão espalhados nas duas margens da rodovia. O uso de máscaras e de álcool será garantido pela comissão organizadora”, completa.

O morador José Firmo explicou que a logística do ato foi feita para não atrapalhar o trânsito do local. “Nós já entramos em um acordo e o Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (BPRv), vai acompanhar o ato para que maiores transtornos possam ser evitados”, declara.

Entenda

Desde o dia 23 de março deste ano, quando o prefeito Edvaldo Nogueira sancionou a lei n°5.373, que transformou seis povoados da Zona de Expansão em novos bairros de Aracaju, os moradores dos bairros estão pedindo um espaço para dialogar. “Desde que as zonas foram transformadas em bairros, nós nos sentimos prejudicados, por isso, a gente quer ter um diálogo com o prefeito para que essa lei seja revogada e uma nova proposta seja apresentada com base em audiências públicas”, declara José Firmo.

Segundo o morador, as problemáticas que surgiram após a aprovação da lei prejudicam os moradores de forma mais intensa. “São questões históricas e culturais que mudaram rapidamente. Escolas, templos religiosos e até mesmo parte do comércio que existiam no Robalo, hoje pertencem a outro bairro”, relata. “Essa mudança, principalmente para os moradores mais antigos, é muito brusca pois é uma questão de pertencimento”, completa.

Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA)

Através de nota, a Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA) informou que a Lei que criou os bairros Robalo, São José dos Náufragos, Areia Branca, Gameleira, Matapoã e Mosqueiro foi amplamente discutida pela Prefeitura de Aracaju junto à comunidade da Zona de Expansão e está respaldada pela Lei Orgânica Municipal e pela Lei nº 873/82, que estabelece a  delimitação  dos bairros  de  Aracaju.

O órgão ainda salientou que esse projeto é a concretização de um dos eixos do Plano de Desenvolvimento Sustentável da Zona de Expansão, apresentado pelo prefeito Edvaldo Nogueira a lideranças comunitárias e moradores da região, em 2020, como compromisso de seu futuro governo.

Por Isabella Vieira e Verlane Estácio

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais