Homem morre após passar mal em festa eletrônica

0
Festa ocorreu no Povoado Areia Branca, no Mosqueiro, no último sábado, 15 (Foto: ilustrativa/Pixabay)

Um homem morreu após passar mal em uma festa eletrônica que ocorreu no povoado Areia Branca no último sábado, 15. O boletim do Instituto Médico Legal (IML) informa que o corpo de C.H.S.O. , de 32 anos, deu entrada às 6h do domingo, 16, vindo da Unidade de Pronto Atendimento Fernando Franco (UPA), com morte a esclarecer.

A Diretora do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), a delegada Thereza Simony, recebeu o procedimento na tarde desta segunda-feira, 17, e iniciou as investigações. Ela informou que ainda esta semana será iniciada a ouvida dos depoimentos de todos que estiveram com o jovem e de pessoas relacionados à festa, a exemplo dos organizadores de evento, amigos que estavam na rave, funcionários que o atenderam na UPA, entre outras testemunhas.

O trabalho do DHPP será feito em conjunto com o Departamento de Narcóticos da Polícia Civil (Denarc) já que as primeiras informações que chegaram à polícia foi de consumo de droga sintética. “Tudo leva a crer que a morte foi por uso de drogas, mas só podemos afirmar quando o laudo sair”, diz o coordenador do Denarc, delegado Osvaldo Resende.

Ele acrescenta que em festas eletrônicas é comum a venda no varejo de droga sintética e que além de apurar a morte, a Polícia Civil irá em busca dos fornecedores. “Vamos trabalhar em conjunto com a DHPP, buscando e trocando informações. A droga sintética é muito comum em raves e também é uma droga cara e de alto poder danoso”, alerta o delegado.

Por Raquel Almeida

Comentários