Homem que matou ex continua foragido

0

Amanda foi encontrada morta com sinais de asfixia (Foto: Arquivo Portal Infonet)
A polícia não tem dúvida de que o principal suspeito de ter cometido o homicídio da jovem Amanda Nunes de Moura, que foi encontrada morta com sinais de asfixia é o ex-namorado. De acordo com a polícia o homem identificado como José Denival da Silva Júnior, de 23 anos, continua foragido, mas é uma questão de tempo para que consiga localizar o suspeito.

Familiares suspeitam que Amanda estava grávida de três meses quando foi assassinada. Para a polícia o crime pode ter sido cometido porque o ex-namorado não aceitava a gravidez. Quem souber informações de José Denival da Silva Júnior pode ligar para a polícia através do disque-denúncia no 181.

Crime

A jovem de 16 anos e, que de acordo com amigas estava no terceiro mês de gestação, morava com a mãe no Parque dos Faróis em Nossa Senhora do Socorro e teria sido atraída pelo companheiro no início da manhã da última quinta-feira, 3. De acordo com informações iniciais da polícia, o ex-marido de Amanda, conhecido na região como Djenal, teria ligado para a jovem pedindo que ela fosse até a Barra dos Coqueiros buscar a quantia de R$ 100.

Por Kátia Susanna

Comentários