Homens invadem delegacia e resgatam dois presos da 5ª DM

0

Cerca de 44 presos estavam custodiados no delegacia (Fotos: Portal Infonet)

Cerca de oito homens fortemente armados invadiram a 5ª Delegacia Metropolitana, situada no conjunto João Alves Filho em Nossa Senhora do Socorro neste domingo, 7, renderam um agente plantonista e resgataram dois presos.

A ação durou cerca de 15 minutos e segundo duas testemunhas que também foram rendidas pelo bando, os homens chegaram a pé, mas conseguiram fugir em um gol prata. Os dois irmãos foram até a delegacia saber qual a situação do seu outro irmão que está custodiado na delegacia, no momento em que foram surpreendidos por um dos criminosos.

“Nós estávamos no portão conversando com ao agente Gilmar quando um deles chegou dizendo que tinham roubado a sua bicicleta. De repente outros homens surgiram e pularam a janela. O rapaz já foi logo nos empurrando para dentro da delegacia. Eles diziam que só iam roubar as armas e soltar os companheiros. Eles jogaram a gente no chão, estavam armados com pistola, metralhadora, mas só agrediram o agente Gilmar. Nunca tinha visto coisa assim, parecia coisa de cinema”, relatam as testemunhas que preferem não se identificar.

O agente Gilmar Cabral disse que foi espancado pelos criminosos

No momento do fato, a delegacia estava com 44 presos distribuídos em quatro celas segundo estatística do agente Gilmar. Ainda nervoso, o agente Gilmar Ângelo Cabral disse que em 22 anos de profissão, essa é a primeira vez que uma ação desse tipo ocorre com ele. “Eu estava no portão conversando com outras pessoas enquanto o outro plantonista foi almoçar. Eles chegaram e mandaram eu me deitar, botaram a pistola na minha cabeça e me deram chutes. Eles estavam de cara limpa, arrombaram a sala do delegado, levaram meu celular, minha pistola, armas e por sorte não me mataram”, relata.

Por conta da ação criminosa, policiais do Batalhão de Choque, Rádio Patrulha e do Grupamento Tático Aéreo (GTA) estiveram na delegacia e fizeram o patrulhamento na área. Equipes da Criminalista fizeram a perícia no local. No momento da operação, três homens foram presos pelo policiamento do GTA e encaminhados à delegacia para prestar depoimentos, mas ainda não se sabe se eles têm envolvimento com o grupo criminoso.

Suspeitos foram presos pelo GTA

Os presos resgatados foram identificados como Samuel Santos Pereira e Tiago José Caetano da Mota. Policiais continuam em diligências, mas até o momento os presos resgatados e os criminosos não foram detidos.

O comandante da Polícia Militar de Sergipe, coronel Maurício Iunes, esteve na delegacia, mas preferiu não prestar muitos detalhes a imprensa, se limitando apenas a informar que os policiais já estavam trabalhando na captura dos acusados.

Por Aisla Vasconcelos

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais