Homens invadem ônibus e ateiam fogo em Aracaju

0

(Fotos: Portal Infonet)

Na tarde desta quinta-feira,27, moradores da rua Aloisio Campos, localizada no bairro Coroa do Meio, zona sul da capital ficaram assustados ao presenciarem um ônibus sendo incendiado. A ação criminosa teria sido praticada por quatro homens munidos com galões de gasolina.

Uma testemunha que prefere não ser identificada contou a equipe do Portal Infonet que um homem ficou no ponto de ônibus e deu sinal para que o motorista parasse o veículo. Ao estacionar o veículo da linha Circular Shopping, que deixava o Terminal de Integração da Atalaia com destino aos shoppings, o motorista foi surpreendido pelos três homens que invadiram o veículo com a gasolina.

A testemunha conta ainda que os homens colocaram os passageiros para fora do veículo e atearam fogo. Houve pânico e pelo menos uma mulher que estava no ônibus chegou a passar mal e foi socorrida pelos proprios moradores.

Corpo de Bombeiros foi acionado para apagar às chamas

O capitão Santos Júnior que atua na Companhia de Policiamento Turístico (Cptur) informou ao Portal Infonet que o incêndio teria sido provocado por conta de uma tentativa de homicídio que ocorreu na área da Coroa do Meio. O capitão deixa claro que são as primeiras informações e que a polícia já investiga o caso.

Atendimento

Através de nota, a Fundação Hospitalar de Saúde esclareceu que, em função da greve dos trabalhadores do Serviço Móvel de Urgência (Samu 192 Sergipe), o órgão está operando com a frota de ambulâncias reduzida. Estão em funcionamento 56% das Unidades de Suporte Avançado (USA) e 40% das Unidades de Suporte Básico (USB).

De acordo com a nota, por volta de 10h44 desta quinta-feira, o Samu 192 Sergipe recebeu uma solicitação para atendimento de uma pessoa ferida à bala no bairro Coroa do Meio. No momento da chamada, todas as ambulâncias estavam em ocorrências. A FHS esclareceu que enquanto o médico regulador acionava o Ciosp para solicitar apoio junto à Polícia Militar e ao Corpo de Bombeiros, conforme preconiza o protocolo nestes casos, o serviço recebeu outra ligação informando que o pai da vítima iria removê-lo para o pronto-socorro por meios próprios.

Por Kátia Susanna

A matéria foi alterada às 18h04 para acréscimo de nota enviada pela FHS.

Comentários