Homens são condenados a 20 anos de prisão por assassinar marceneiro

0
Joésio foi assassinado em setembro de 2016, no município de Malhador (Foto: arquivo familiar)

Dois homens identificados como David Jesus dos Santos e Felipe Gabriel dos Santos foram condenados na tarde desta terça-feira, 9, a 20 anos de prisão pelo assassinato do marceneiro Joésio Santos da Silva. O fato ocorreu em setembro de 2016, no município de Malhador.

A irmã da vítima, Roseli Santos, acompanhou o júri popular e confirmou que houve a condenação. De acordo com ela, o crime ocorreu porque Joésio não aceitava o relacionamento da filha, na época com 15 anos de idade, com David Jesus.

Ainda segundo Roseli, Joésio recebeu uma ligação orientando para que ele fosse a Malhador buscar a filha. Ao chegar em uma localidade conhecida como ‘Cachoeira de Milton’, no povoado Jorge, Joésio se deparou com David, Felipe e dois adolescentes, e foi assassinado a tiros. O corpo, conforme informações de Roseli, foi incendiado e os restos mortais nunca foram encontrados.

A pena de 20 anos imposta a David Jesus dos Santos e Felipe Gabriel dos Santos, que já estão presos, é pelos crimes de homicídio qualificado, furto qualificado, ocultação de cadáver e corrupção de menores.

por Verlane Estácio

Comentários