IML não resgata corpo por falta de policial

0

Homem morre em Japoatã e IML não resgata o corpo por falta de policial
Homem morre na cidade de Japoatã e corpo não é resgatado pela equipe do Instituto Médico Legal (IML) por falta de policiais.

De acordo com informações de funcionários do IML, que foram até o município sergipano, distante 94 Km de Aracaju, é de que ao chegarem ao local, não havia nenhum policial no local do crime e a delegacia da cidade estava fechada.

As informações dão conta de que com a ausência de policiais o corpo não poderia ser removido pela equipe do Instituto Médico Legal (IML), que retornou a capital sergipana.

Ainda de acordo com as informações, apenas na manhã desta segunda-feira, 13, uma nova equipe, se dirigiu até o local para resgatar o corpo.

SSP

Segundo informações do assessor de comunicação da Secretaria de Segurança Pública (SSP), Lucas Rosário, o secretário já tomou conhecimento do fato e irá tomar as devidas providências para apurar a situação.

Lucas também informou que existiu uma falta de comunicação entre os policiais de plantão da Delegacia Regional de Propriá, que estavam em diligência na hora do fato, mas que na manhã desta segunda, tanto policiais civis quanto militares foram designados para dar suporte as equipes
Até a publicação dessa matéria, a equipe do IML ainda não havia retornado do município de Japoatã.

A equipe do Portal Infonet tentou contato com a delegacia da cidade mas não obteve sucesso, pois ninguém atendeu o telefone durante toda a manhã.

Comentários