Inadimplência foi grande em 2005

0

Um levantamento do Serasa mostrou que a inadimplência dos consumidores aumentou 13,5% em 2005, se comparada a 2004. A entidade explicou que houve comprometimento da renda da população com parcelas do crédito consignado e com financiamentos oferecidos pelo comércio, principalmente sobre itens como TVs e geladeiras.

Com a elevação da carga tributária e juros, muitos acabaram sem ter como pagar suas dívidas. Mesmo assim, a redução do desemprego, o aumento das contratações com carteira assinada e a elevação nos salários evitaram que o número de inadimplentes fosse ainda maior.

 

Os cartões, no entanto, foram os vilões de 2005. As dívidas com cartões de crédito e financeiras tiveram o maior peso na inadimplência das pessoas físicas. Logo depois, é a vez dos cheques sem fundos, com 33% e das dívidas com bancos, com peso de 29,9%.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais