INCRA divulga crescimento no número de assentamentos em Sergipe

0

Superintendente anuncia crescimento no número de assentamentos no Estado
Em 2009, 1404 famílias foram assentadas em Sergipe, esse número representa o recorde de assentamentos criados através da Reforma Agrária no Estado. Por conta disso, um café da manhã realizado nesta quinta-feira, 29, no auditório do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária em Sergipe (INCRA/SE) reuniu a imprensa para mostrar os dados da atuação do instituto no Estado.

O superintendente Jorge Tadeu Jatobá informou que atualmente Sergipe possuí 170 mil hectares destinados pelo INCRA para a reforma agrária. “É um número expressivo. São 9800 famílias assentadas e 200 projetos de assentamentos”, contou.

Segundo Jorge Tadeu, o grande número de assentamentos criados no ano passado foi resultado de uma parceria com o Governo de Sergipe. “Nós fizemos um convênio com o governo de Sergipe para criar duas frentes de trabalho, uma do INCRA e outra do Estado, 90% dos recursos para as desapropriações foram do Governo federal através do INCRA, em contrapartida o Governo de Sergipe destinou 10% desses recursos”, falou.

Jorge explica que a maioria dos assentamentos se concentra no alto sertão do Estado
Em 2010 o orçamento aprovado para o Instituto é de R$ 52 milhões, o que representa um aumento de 30% em relação a 2009, 59% desse total será aplicado no desenvolvimento dos assentamentos existentes. “Não estão incluídos os recursos do programa ‘Luz para todos’ o que quer dizer que o investimento é maior ainda”, disse o superintendente.

De acordo com o superintendente do INCRA, atualmente existe mais de R$ 30 milhões depositados nas contas das associações dos assentamentos em Sergipe. “Esse recurso serve de investimento nos assentamentos criados, mas a movimentação de todo o dinheiro é fiscalizada e só pode ser liberado pelo por meio da nossa instituição”, falou.

Por Bruno Antunes

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais