INSS pede que Polícia Federal investigue sumiço de materiais

0
Raimundo Brito, gerente-executivo do INSS (Foto: Ascom INSS)

A Polícia Federal está investigando o sumiço de materiais do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) em Sergipe. O pedido da investigação partiu do próprio Instituto após a direção perceber a ausência de materiais de consumo e ter realizado um procedimento administrativo interno que não teve conclusão. “Somos um órgão federal, e quando é necessário uma investigação como essa, é à Polícia Federal que precisamos recorrer”, explica Raimundo Brito, gerente-executivo do INSS.

Ele acrescentou que a Polícia Federal esteve na residência de alguns funcionários no Bairro Santos Dumont em Aracaju e no Conjunto Fernando Collor, em Nossa Senhora do Socorro na última segunda-feira, 07, mas deixou claro que esse assunto é interno. “O fato dessas pessoas terem recebido a visita da Polícia Federal não constata envolvimento com o roubo. Acredito que a polícia esteve na residência de todos os que trabalham no setor onde ocorreu o sumiço do material para investigar”, explica.

O fato ocorreu em 2018 e o valor em média do que foi roubado é de R$25 mil. Antes de procurar a Polícia Federal, a diretoria do INSS abriu um procedimento administrativo interno, mas não conseguiram chegar a uma conclusão.

A assessoria de comunicação foi procurada pela equipe de jornalismo do Portal Infonet, mas informou que não poderia dar informações porque por recomendação judicial, uma vez que o caso permanece em segredo de justiça.

por Raquel Almeida

Comentários