Irmãos são executados a tiros na Ilha do Ouro

0
Os dois irmãos foram identificados oficialmente como Alexssandro de Barros Melo, 23, e Alexandre de Barros, 20 (Foto: arquivo Portal Infonet)

Dois irmãos foram mortos a tiros, crime ocorrido na noite da segunda-feira, 13, no povoado Ilha do Ouro, no município de Porto da Folha, em Sergipe. De acordo com informações do tenente-coronel Ianderson Maia, comandante do 4º Batalhão da Polícia Militar, os corpos foram encontrados por volta das 22h em um trecho da rodovia que liga a sede do município ao povoado.

Conforme o tenente-coronel, duas motocicletas foram encontradas ao lado dos dois corpos, supondo-se que os veículos estariam sendo utilizado pelas vítimas. Os dois irmãos portavam documentos e foram identificados oficialmente como Alexssandro de Barros Melo, 23, e Alexandre de Barros, 20.

Os corpos estavam em um local sem movimentação e não há relatos de moradores. Ninguém afirma sequer se ouviram o barulho provocado pelos disparos de arma de fogo. Os policiais militares integrantes do 4º BPM foram acionados por volta das 22h, pela equipe do Centro Integrado de Operações em Segurança (Ciosp) que recebeu comunicado, por telefone, informando da existência destes corpos na rodovia.

Quando a equipe chegou ao local, constataram os dois corpos ao lado das motocicletas e a equipe do Instituto Médico Legal (IML) identificou várias perfurações de arma de fogo nos dois corpos. O tenente-coronel Ianderson Maia não tem dúvida que se trata de um crime de execução. “São vários disparos que atingiram a cabeça das vítimas, características de crime de execução”, considera o tenente-coronel.

As circunstâncias e a motivação do duplo homicídio serão investigadas pela Polícia Civil. Os irmãos, segundo o tenente-coronel, teriam histórico com envolvimento com o tráfico de drogas e não descarta a possibilidade das mortes estarem vinculada a esta modalidade criminosa.

Por Cassia Santana

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais