Itaporanga: delegada guarda sigilo da investigação

0
PRF localiza carro e constata assassinato (Foto: Arquivo Portal Infonet)

A delegada de polícia civil Mariana Andrade, de Itaporanga D´Ajuda, já iniciou as investigações do assassinato do tratorista José Edson dos Santos, 47, encontrado morto às margens da BR 101 naquela município, mas está mantendo em sigilo o andamento do inquérito policial. Por meio da assessoria de imprensa da Secretaria de Estado da Segurança Pública, a delegada justificou a postura alegando que a divulgação de qualquer informação poderá atrapalhar o andamento das investigações.

De acordo com a assessoria da SSP, a polícia vem recebendo telefonemas dos moradores do município que estão associando ao assassinato do tratorista a operação especial desencadeada pela polícia civil no município que culminou com a prisão de pessoas suspeitas de envolvimento com o tráfico de drogas. A delegada esclareceu que são ações distintas e que o inquérito policial para identificar e localizar o autor ou atores do assassinato está tramitando regularmente na Delegacia de Polícia Civil do município.

O tratorista foi morto na madrugada da quarta-feira, 23, no povoado Ipanema e ainda conseguiu, mesmo ferido, dirigir o veículo e estacioná-lo às margens da BR 101, a pouca distância do local onde ele teria sido atingido por golpes de faca.

Por Cássia Santana

Comentários