Jornalista entrará com ação contra o Estado

0

Jornalista está abalada e prefere não se identificar Foto: Portal Infonet
Na tarde desta quarta-feira, 3, a advogada Jordeline Ferreira de Melo confirmou que a jornalista R.M.T entrará com ação indenizatória de danos morais contra o Estado pela violência injustificada sofrida por um policial militar.

“Os policiais atuam como agentes públicos e tem que respeitar a lei. A ação visa a responsabilidade da apuração de danos morais sofridos”, salienta a advogada, destacando que aguarda a conclusão do laudo do Instituto Médico Legal para encaminhar o processo.  

Dois dias após ter prestado depoimento no Ministério Público a jornalista R.M. T se diz assustada com a repercussão do caso em que foi algemada e agredida durante o carnaval em Neópolis. O fato foi mostrado em reportagem exibida pelo Portal Infonet. Ainda sem querer se identificar a jornalista diz apenas que saiu em defesa das amigas porque estava acompanhando um grupo de três jovens.

“Sou mãe de família responsável, com mais de 50 anos e fui para o carnaval acompanhar um grupo de jovens que estavam se divertindo”, lembra R.M.T.

A promotoria de Neópolis ressaltou que está aguardando a documentação do Ministério Público de Sergipe para tomar os encaminhamentos. A equipe do Portal Infonet foi informada que a promotora Karla Christiany Cruz Leite não ouviu nenhuma autoridade policial envolvida no caso.

Por Kátia Susanna

Comentários