Jornalistas de Sergipe farão manifestação

0

Na próxima segunda-feira, dia 1º de junho, comemora-se no Brasil o Dia da Imprensa. Mas, nesta data, os jornalistas sergipanos não irão comemorar, mas sim, protestar. É conhecida a perseguição a jornalistas em Sergipe e é extensa a lista de profissionais da imprensa local processados pelo exercício da profissão, a exemplo de Cláudio Nunes, Luis Eduardo Costa, Cássia Santana, Rita Oliveira, Cristian Góes, e tantos outros profissionais que hoje se vêem às voltas com processos movidos por figurões da sociedade e grupos empresariais que, muitas vezes, pedem indenizações que chegam facilmente à cifra de milhares de reais.

Nessa conjuntura, onde a liberdade de imprensa esta em cheque, o 1º de junho será um dia de protesto. Em Aracaju, o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de Sergipe, com apoio da Central Única dos Trabalhadores, estará promovendo um ato público na Praça Fausto Cardoso, próximo ao Tribunal de Justiça do Estado, às 15h00, para chamar a atenção da sociedade sobre a questão e levantar algumas outras bandeiras.

·         Defesa da liberdade de expressão,

·         Contra a criminalização dos jornalistas e demais profissionais de imprensa,

·         Pela democratização dos meios de comunicação

·         Defesa da formação em nível superior (diploma) para jornalista.

 “Não temos muito a comemorar, porque sabemos que muitos profissionais e a própria imprensa hoje vivem a mercê do que chamo de judicialização da censura, ou seja, o uso de ações no Poder Judiciário para impedir e censurar o trabalho de muitos colegas jornalistas”, afirma o presidente do Sindijor, George Washington.

“Neste sentido, queremos chamar os colegas profissionais de imprensa, principalmente os jornalistas processados por suas atividades; os movimentos sociais; os estudantes e professores de Jornalismo da UFS e Unit; e toda a sociedade a participarem desse ato, que reputo de grande significado, porque imprensa livre, com jornalistas livres e com formação superior, e mais democracia no acesso à comunicação são vitais para a manutenção de uma sociedade democrática”, diz Washington.

Ainda na segunda-feira, o presidente do Sindijor participará, na Câmara de Vereadores de Aracaju, às 9h00, de sessão especial em homenagem ao Dia da Imprensa. A iniciativa é do vereador e líder do prefeito Elber Batalha Filho, PSB.

Fonte: Sindijor/SE

Comentários