Jovem aborta e cinco pessoas são presas

0

Maria José, Fabiana dos Santos e as outras mulheres irão para a 4ª DM
Nas primeiras horas dessa quinta-feira, 20, três pessoas foram presas em flagrantes acusadas de ocultação de cadáver, no conjunto Marcos Freire. De acordo com informações registradas na Delegacia Plantonista, Fernanda Barbosa, Fabiana dos Santos Oliveira e Emanuel Bispo Nunes foram detidos no momento em que enterravam um feto, com aproximadamente seis meses de gestação.

Após a abordagem dos três acusados, a polícia chegou até a residência da jovem que teria sofrido o aborto, identificada como Juliane dos Santos Oliveira, 26 anos, irmã de Fabiana, e na residência de Maria José dos Santos Silva, acusada de aplicar o remédio abortivo. Todas as pessoas foram encaminhadas até a Delegacia Plantonista.

Segundo Maria José, a jovem teria procurado seus serviços na última segunda-feira, 17. “Ela me procurou dizendo que tava com dois meses e poucos dias e como eu já tinha aplicado o remédio na amiga e não tive problema nenhum, marcamos para fazer na terça [18]”, explicou. “Como tava em falta, eu pedi para uma representante trazer, ai só chegou no dia seguinte”, explicou.

Emanuel Bispo e Fernanda Barbosa dizem que não são culpados
A acusada ainda informou que recebeu a quantia de R$ 290 para realizar o trabalho. “Ela me deu R$ 200 que é o valor do remédio e deixou o cartão Bolsa Família para eu tirar os R$ 90”, comentou a acusada.

Segundo Fernanda Barbosa, acusada de ocultação de cadáver, a responsabilidade do crime é apenas da jovem que abortou. “A gente caiu de gaiato nessa história. Ela faz o filho, aborta e o resto é preso por isso? Eu só orientei que enterrasse para que o feto não fosse jogado no lixo, para o crime dela não ser pior”, tentava explicar Fernada.

Emanuel Bispo, também acusado, informou que não sabia do que se tratava, já que ele estava apenas trabalhando. “Tenho um carro de frete e elas me pediram para levá-las num lugar, mas eu nem sabia o que tinha dentro da caixa”, comentou.

Juliane foi encaminhada à Maternidade Santa Isabel, mas de acordo com informações dos policiais da Delegacia Plantonista, todas as mulheres serão levadas ainda na manhã dessa quinta-feira, 20, para a 4° Delegacia Metropolitana.

Por Alcione Martins e Carla Sousa

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais