Justiça concede prazo de um ano para a Portelinha

0

Moradores ganham mais um ano de prazo (Fotos: Portal Infonet)
A Justiça concedeu um novo prazo para que os moradores da Portelinha sejam despejados das suas residências. De acordo com um documento expedido pela Justiça Federal, as residências localizadas em área de preservação ambiental não serão demolidas até que as famílias sejam colocadas em outras moradias. Publicado no dia 16 deste mês a documentação mostra que os moradores terão prazo de um ano para deixar as casas.

A situação dos moradores da Portelinha tem sido acompanhada pela equipe do Portal Infonet. A população está temerosa porque não sabe onde morar. “Eu moro aqui há quatro anos e fico até assustada com tudo isso, até porque a gente não tem outro lugar para morar”, diz Lucélia Rejane Santos.

Famílias devem ser colocadas em outras moradias
Prefeitura

Na semana passada, em entrevista ao Portal Infonet, o Secretário de Comunicação da Barra dos Coqueiros, Diego Gonzaga, disse que a intervenção na Portelinha foi necessária, pois mostra o compromisso e a responsabilidade de manter as áreas de preservação natural. “A derrubada ocorrida nesta semana foi uma maneira também de evitar a exploração destas áreas. Até porque muita gente se aproveita dos benefícios que moradores de longa data nestas regiões têm. Tentando lucrar, acabam trazendo prejuízos a natureza”, esclarece.

Ele aponta que todos devem ficar no aguardo, enquanto a proposta de construir casas para moradores da região está sendo analisada pelo MPE. “Até agora estamos esperando os resultados do Ministério”, conclui.

Por Kátia Susanna

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais