Laranjeiras: delegado associa morte de casal a tráfico de drogas

0
Policiais continuam debruçados para elucidar o duplo homicídio (Foto Ilustrativa: Arquivo/Portal Infonet)

O delegado Deskson Almeida, de Polícia Civil de Laranjeiras, pediu autorização ao Poder Judiciário para prorrogar o prazo e ter maior tempo para concluir as investigações relacionadas ao assassinato do casal Roberta Michella Souza Marques de Sá, 35, e Fábio dos Santos, 32. O crime aconteceu no dia 25 do mês passado no município de Laranjeiras e o prazo inicial para a conclusão da investigação foi encerrado nesta terça-feira, 25.

A equipe não conseguiu concluir o inquérito policial, devido à complexidade do caso. O delegado informa que será uma investigação demorada, mas já possui uma linha de investigação predominante. Ele revela que os trabalhos policiais indicam que o crime tenha relação com o tráfico de drogas. Apesar de associar o duplo homicídio ao tráfico de drogas, o delegado não revela detalhes para não atrapalhar a investigação.

O crime

O casal foi assassinado na madrugada do dia 25 de maio deste ano dentro da própria residência, no povoado Bom Jesus, naquele município. De acordo com as investigações preliminares, quatro homens encapuzados invadiram a casa. Fábio foi a primeira vítima a ser atingida, no momento em que saiu à porta para observar o que estava ocorrendo devido ao barulho que indicava o arrombamento. Roberta Michella estava no quarto e foi também executada.

Na ação criminosa, conforme os primeiros levantamentos realizados pela Polícia Militar, os executores do crime vasculharam a casa, quebraram objetos pessoais do casal e depois fugiram. Três crianças também estavam na casa, mas nada sofreram.

por Cassia Santana

 

Comentários