Laudos de mãe e filho atingidos por tiro são anexados ao processo

0
André Mauro responde por tentativa de homicídio e roubo (Foto: cedida SSP)

Foram anexados ao processo judicial, os laudos de lesões corporais sofridas pela mãe e pelo bebê de apenas dois meses de idade atingidos por tiros disparados pelo ex-companheiro da vítima, André Mauro dos Santos. O crime aconteceu no dia 18 de outubro do ano passado dentro de um condomínio no bairro Inácio Barbosa. A mãe nega a paternidade, mas André conseguiu registrar a criança [no momento do crime, o bebê estava no colo da mãe e também foi atingido].

Além da tentativa de homicídio, o acusado responde por roubo. Conforme os autos, André Mauro teve acesso ao apartamento da vítima, pulando uma janela do pavimento térreo. Após disparar os tiros contra a ex-companheira, o acusado teria saído do apartamento e interceptado Carlos Eduardo, que é pai de um dos filhos da ex-companheira de André e se encontrava na porta do condomínio aguardando a filha.

André é acusado de apontar o revólver conta Carlos Eduardo e determinar que todos descessem do carro, veículo que ele utilizou para fugir do condomínio após praticar os crimes. O carro roubado por André foi encontrado posteriormente em Salvador, capital da Bahia.

A vítima prestou depoimento no dia 5 de julho, ouvida pelo juiz Daniel Lima Nascimento, da 8ª Vara Criminal, oportunidade em que ela narrou detalhes da agressão. No dia 1° deste mês, dando sequência à audiência de instrução, o juiz ouviu novas testemunhas e o Ministério Público desistiu da oitiva de outras pessoas arroladas, que residem na Bahia e não foram localizadas.

O processo continua em tramitação na 8ª Vara Criminal.

por Cassia Santana

Comentários