Lei começa a criar polêmica

0

O projeto de lei da Câmara de Vereadores de Aracaju que proíbe o funcionamento de lojas, supermercados e shopping centeres cria polêmica entre políticos e população. Representantes de entidades como a Câmara de Diretores Lojistas (CDL), Federação do Comércio e Sindicato dos Trabalhadores no Comércio são contra a lei e concordam que a lei é um retrocesso e que deve causar desemprego. A população tem discutido a lei e, quem não é contra, ainda pondera. A opinião geral é de que não há problemas em se abrir as lojas, desde que se garantam os direitos do trabalhador. O webdesigner Alberto Luiz diz que concorda com a abertura “desde que sejam contratados mais funcionários para cumprir turnos e se ofereçam melhores serviços à população. Mas se for para explorar o trabalhador, com pseudocontratações, eu sou terminantemente contra”, explica.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais