Licitação para publicidade do governo foi adiada

0

Comissão de Licitação da Secretaria de Comunicação 
O resultado da licitação para escolher a agência que fará a publicidade do Governo do Estado foi adiada. A divulgação, que  estava marcada para a manhã de hoje, 22, foi remarcada para às 16h por causa de uma mandato de segurança impetrado pela Ativa Comunicação.  A agência tinha sido excluída do processo licitatório por apresentar a documentação contábil sem a assinatura de um profissional responsável. A empresa entrou com um mandado judicial, e conseguiu resultado favorável nesta terça-feira.

Com isso a Comissão de Licitação teve que dar vistas ao material enviado pela empresa e pedir à Comissão de Avaliação que analisasse o material. A comissão foi formada por Caroline Portugal – diretora de marketing da Secretaria de Comunicação, profª Drª Lilian França – UFS, e Fernando Ribeiro da Luz – Conselho Executivo das Normas-Padrão (Cenp).

Aline Carvalho, coordenadora da Comissão de Licitação
O orçamento para publicidade prevista no edital do governo é de R$22mi, que serão distribuídos entre as quatro agências ganhadoras. A primeira colocada ficará com 40% da execução do contrato, a segunda com 30%, a terceira com 20% e a quarta 10%. No entanto todas deverão seguir a mais baixa tabela de preços ganhadora.

Segundo a coordenadora da comissão de licitação, Aline Magna Carvalho, o edital está sendo referência para outros estados. “Outros editais se baseiam em melhor parte técnica, ou há a dispensa de licitação para contratação desse tipo de serviço. Nesse edital tivemos uma comissão de avaliação que julgou a parte técnica, e tivemos a avaliação de preços”, diz Aline.

Comentários