Lotéricas: polícia prende autor de assaltos

0

Valdson foi preso no final da tarde de quinta-feira, no Siqueira Campos(Foto: Portal Infonet)
O acusado de assaltar casas lotéricas e agências dos Correios em diversos bairros de Aracaju e da Grande Aracaju foi preso no final da tarde de quinta-feira, 7, e apresentado na manhã dessa sexta-feira, 8, na sede da Secretaria de Segurança Pública (SSP).

A prisão do acusado, Valdson Marcel Bispo Bezerra, foi realizada por policiais da 5° Delegacia Metropolitana, Coordenadoria da Policia Civil da Capital (Copcal) e coordenada pelo Delegado João Martins no bairro Siqueira Campos.

De acordo com o delegado Valdson confessou as autorias dos assaltos e não apresentou resistência no momento da prisão. “Ele confessou que realizava os assaltos com uma arma emprestada e dividia os lucros com o dono da arma. No último dia 8 de setembro ele praticou assaltos em uma escola em Nossa Senhora do Socorro. Ele também é o autor dos assaltos a agências dos Correios na Barra dos Coqueiros e no conjunto Augusto Franco, no mesmo dia”, explica o João Martins

Delegado diz que acusado estava com outro assalto agendado(Foto:Portal Infonet)
O delegado ainda pontuou que ele praticou assaltos também nas casas lotéricas dos bairros Ponto Novo e Coroa do Meio. “Ele já estava com outro assalto agendado para esses dias e também confessou que conseguiu apurar uma quantia de cerca de 18 mil reais, que gastou com crack e algumas besteiras”, revela.

João Martins ainda relatou que a prisão do assaltante só foi possível com a ajuda da população, bem como das imagens registradas nas câmeras de segurança e com o trabalho organizado dos policiais. “Conseguimos o mandado de prisão e não a efetuamos antes por conta do período eleitoral, mas monitoramos Marcel e ontem realizamos a ação”, explica.

Segundo o delegado as investigações ainda vão continuar na tentativa de encontrar a arma utilizada nos crimes. “Ele disse que a arma não era dele e nós estamos trabalhando para tentar identificar o proprietário e assim concluir esse trabalho”, revela o delegado.

Por Alcione Martins e Kátia Susanna

Comentários