Manifestantes sem-terra invadem Câmara e provocam pânico em Brasília

0

Foto: Diógenis Santos/AC
Cerca de 1,3 mil manifestantes do Movimento de Libertação dos Sem Terra (MLST) invadiram há pouco as dependências da Câmara dos Deputados, em Brasília. Depois de virarem um automóvel Uno no estacionamento do anexo 2, os manifestantes quebraram a porta de vidro do anexo e entraram na Câmara destruindo vários equipamentos, como os postos informatizados de atendimento ao público, a exposição da EcoCâmara e a porta de vidro da Taquigrafia.

Houve início de pânico entre os servidores e visitantes que estavam no local. Os manifestantes ainda não esclareceram o motivo do protesto.

Neste momento, dezenas de agentes da Segurança da Câmara cercam as entradas do plenário, para impedir o acesso das pessoas. O líder do Movimento de Libertação dos Sem Terra (MLST), Bruno Maranhão, afirmou há pouco que a manifestação no salão Verde é um desdobramento da repressão policial que eles teriam sofrido na chegada ao Congresso Nacional.

Hoje, 6, disse ele, seria o fim de uma marcha para entregar uma carta com reivindicações aos presidentes da Câmara e do Senado. 

Fonte: Agência Câmara
 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais