Mata Atlântica: SE registra 257 hectares de desmatamento em 2 anos

0
Na visão do biólogo José Paula essa situação suscita importantes ações para que essa prática possa ser controlada ou até mesmo totalmente reprimida (Foto: SOS Amazônia)

Dados do ‘MapBiomas Alerta’ registram que entre abril de 2018 e abril de 2020 o estado de Sergipe registrou 257 hectares de área desmatada no bioma Mata Atlântica. Na visão do biólogo José Paulo, essa situação suscita importantes ações para que essa prática possa ser controlada ou até mesmo totalmente reprimida.

O biólogo fala de ações combativas contra o desmatamento (Foto: arquivo pessoal)

“Sergipe já possui apenas 7,9% da Mata Atlântica original. O desmatamento não traz boas consequências, ele interfere nas nascentes dos rios, na vegetação local, além de trazer danos à biodiversidade”, relata o biólogo José Paulo.

O biólogo destaca ainda que são necessárias políticas públicas de controle e repressão contra a ação ilegal do desmatamento, além de campanhas de conscientização para a população. “Temos que promover o debate em sociedade aliado à participação popular. A preocupação com o meio ambiente precisa ser urgente”, destaca.

Sobre o MapBiomas

O MapBiomas é um projeto multi institucional envolvendo universidades, ONGs e empresas de tecnologia que promove o mapeamento anual de cobertura e uso da terra do Brasil ao longo das últimas três décadas e disponibiliza os dados e mapas de forma aberta e gratuita.

por João Paulo Schneider

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais