Ministério Público elabora campanha para combate do uso de crack

0

Encontro reuniu líderes de diversas religiões para discutir idéias
O Núcleo de Apoio à Infância e Adolescência do Ministério Público Estadual (MP) realizou na manhã desta quinta-feira, 22, uma reunião com representantes de grupos religiosos da capital, a fim de tratar da elaboração de um plano de combate ao uso de crack entre jovens. O trabalho focará a família e os jovens e será direcionada pelas religiões, com a mediação do MP.

De acordo com a promotora Miriam Machado, os encontros estão suscitando o diálogo para que seja construído um único documento. “Até o segundo semestre essa campanha deve ser lançada. Fizemos um apelo aos representantes das religiões para que comecem a trazer suas idéias e, assim, para que a ação dessas religiões faça com que a família reconheça o perigo e se antecipe”, explica.

Padre Claudomiro apoia iniciativa do MP de reunir religiões para campanha
Profissionais da área médica também terão voz na elaboração do documento e apresentarão aos líderes religiosos os efeitos físicos e psíquicos do consumo da droga. “Essa participação já deve ocorrer na próxima reunião”, acrescenta a promotora. O encontro deve ocorrer na próxima quarta-feira, 28, também no MP.

Pároco da igreja de São João Evangelista, no conjunto Marcos Freire III, em Nossa Senhora do Socorro, o padre Claudomiro esclarece a importância dos segmentos religiosos no combate à droga: “O Ministério Público tomas as religiões como ponto de referência porque cada uma consegue falar diretamente com o povo, porque conhece a necessidade. Com a campanha, será apontado um novo caminho para a recuperação do drogado e chamaremos à atenção para a família e do Poder Público”, diz.

Comentários