MMA debate resíduos sólidos em Aracaju

0
A destinação do lixo será o principal tema do debate (Foto: Arquivo Portal Infonet)

Nesta quarta-feira, 3, ocorre em Aracaju o Seminário Estadual sobre a Gestão Integrada de Resíduos Sólidos, que contará com participação do diretor de Ambiente Urbano do Ministério do Meio Ambiente (MMA), Silvano Silvério, e o secretário de Meio Ambiente de Sergipe, Genival Nunes. A ideia é debater os desdobramentos da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), que completa um ano de lançamento nesta terça-feira, 2.

O Seminário acontece a partir das 8h30 no auditório da Codise, no Distrito Industrial de Aracaju (DIA). Durante o encontro, resultado de convênio firmado com a Secretaria de Recursos Hídricos e Meio Ambiente Urbano do MMA, será lançado também o Plano de Regionalização do Estado e o Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos da Bacia do São Francisco no Estado de Sergipe. A proposta de regionalização e o fortalecimento dos consórcios públicos vêm fortalecer as diretrizes lançadas pelo PNRS para extinguir os lixões até 2014.

Sergipe possui 75 municípios, sendo que seis bacias hidrográficas banham o Estado. Entre elas se destaca a bacia do São Francisco, área prioritária de ação para investimentos no setor de resíduos sólidos. A população ultrapassa à casa dos 1,3 milhão de habitantes, com uma população urbana da ordem de 72%.

Para debater estratégias que permitam a gestão integrada de resíduos sólidos urbanos, de forma integrada e sistêmica, Sergipe contou com a participação de gestores da sociedade, segundo informações do MMA. Desse encontro, saíram quatro consórcios de saneamento: o do Baixo São Francisco, o do Agreste Central, do Sul e Centro-sul Sergipano e a da Grande Aracaju.

O investimento necessário para a implantação do sistema de manejo proposto para o consórcio prioritário do Baixo São Francisco será realizado pela Codevasf, na perspectiva de encerramento de lixões, aterros sanitários compartilhados, compostagem, aterros de resíduos de construção e demolição, pontos de entrega voluntária e galpões de triagem.

Juntamente com as ações previstas no convênio, segundo o MMA, já foram articulados com as prefeituras os consórcios do Agreste Central e Centro-sul Sergipano, com diretorias já eleitas e em fase de instalação. O consórcio da Grande Aracaju abrange atualmente três municípios: Aracaju, Nossa Senhora do Socorro e São Cristóvão, com perspectivas de ampliação conforme estudo de regionalização proposto pelo Estado.

Fonte: Ascom do Ministério do Meio Ambiente

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais