Moradores da Portelinha fazem protesto na Barra dos Coqueiros

0

Jean Pierre: “Área foi descaracterizada”
Os moradores da Invasão Olimar [Portelinha], na Barra dos Coqueiros, prometem fazer uma manifestação a partir das 8h deste sábado, 1º de maio. Eles foram notificados pela Justiça Federal para que desocupem as casas em que moram, construídas em terrenos de marinha e em uma área de manguezal. O ato será em protesto à decisão, já que moram no local há mais de 11 anos em casas de alvenaria.

São cerca de 117 moradores que sairão em caminhada na manhã deste sábado, da frente da Igreja Santa Luzia até a ponte, passando pela Av. Oceânica e chegando na porta da Prefeitura da Barra dos Coqueiros. O objetivo é pressionar os administradores municipais a se engajarem na luta pela permanência no local, que já está pavimentado, com iluminação elétrica e todas as casas são de alvenaria.

O prazo foi dado pela Justiça Federal para que deixem as residências foi de 20 dias a partir do último dia 19 de abril e como está terminando, os moradores decidiram fazer uma manifestação neste sábado, 1º de maio. “A área já foi descaracterizada pela própria Prefeitura da Barra, quando abriu ruas e pavimentou a área cujo manguezal já não existe”, enfatiza o presidente da Associação Viva Sergipe, Jean Pierre.

Por Aldaci de Souza

Comentários