Moradores denunciam falta de água na Aruana

0

Moradores do Costa Nova II, estão há duas semanas sem água (Fotos: Portal Infonet)
Moradores de conjuntos habitacionais na região da Aruana, Zona de Expansão de Aracaju, reclamam que estão sofrendo com a falta de água no local. De acordo com as denúncias, há aproximadamente duas semanas a população está sem água para consumo.

 

A dona de casa Norma Nóbrega, moradora da rua XVI, no conjunto Costa Nova II, diz que a situação está praticamente insuportável. “Nestes dias recebi mais de nove pessoas em minha casa e ficamos sem água por aqui. E com um calor desses a gente realmente não aguenta”, conta.

 

Segundo ela, a utilização de poços artesanais torna-se a alternativa mais viável para suprir a falta de água. “A gente

Norma diz que a situação está insuportável
soube que iria haver uma redução do abastecimento das 6h da manhã até as 0h. Mas não nos deram prazo nenhum para isso, além do que não temos água nenhuma. Isto é uma tremenda falta de respeito com a população”, desabafa a moradora.

 

Na rua VI, ainda no mesmo conjunto, o consultor técnico operacional Danilo Dimas também reclama da falta de abastecimento de água. “Aqui temos água dia sim, dia não. E quando chega é bastante escassa”, acrescenta o morador.

 

Vizinhança

 

Seguindo para o residencial Porto Sul, a situação se apresenta

Danilo conta que a quando a água chega, ainda é escassa
bastante semelhante. De acordo com o aposentado Antônio Ricardo o problema na localidade se prolonga por três dias. “A gente já está com medo das torneiras estarem entupidas. Temos de comprar água para beber e fazer as comidas. Mas até pra encontrar água está difícil por aqui”, observa.

 

Antônio relata que já entrou em contato com a Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso), mas sempre obtém a mesma resposta. Segundo ele, a falta de água já se alastra por várias regiões da Aruana.

 

“”Amanhã o problema já estará resolvido”, é o que eles dizem. E a gente fica só esperando que isso se resolva logo, enquanto

O aposentado Antônio afirma que  não adianta ligar para a Deso
as plantas morrem, e nós e os animais ficamos com sede”, reclama o aposentado.

 

Deso

 

O Diretor de Operações da Deso, Sílvio Múcio, informa que a falta de água na região da Aruana está registrada em apenas sete dias. Segundo ele, a situação vem acontecendo devido a um vazamento em uma tubulação de grande diâmetro próxima ao Conjunto Franco Freire, também na Aruana.

 

“No domingo recebemos uma reclamação devido a um barulho nesta tubulação. Fomos ao local e identificamos o vazamento que estava ocasionando a falta de água na região da zona de expansão. Mas nesta segunda-feira [27] já efetuamos o conserto deste problema e hoje mesmo a situação já estará se normalizando. A água chegará por volta das 22h, por que a velocidade de abastecimento é lenta”, garante o diretor.

 

Por Victor Hugo

Comentários