Moradores do Povoado São José ainda sofrem com águas empoçadas

0

Casas continuam tomadas pelas lagoas
Moradores do Povoado São José, no Mosqueiro, continuam convivendo com as lagoas empoçadas nas portas das casas. Os transtornos começaram há cerca de dois meses com as fortes chuvas registradas na cidade. Mesmo contando com a ajuda da Associação de Moradores e da Prefeitura de Aracaju, eles afirmam que muita gente saiu do local.

A diarista Denise Santos informou que para sair de casa tem que ser por dentro da água e que as crianças são as mais prejudicadas. “No começo as águas invadiam as casas e agora ficam empoçadas nas portas, mesmo assim a situação é difícil. As crianças passam por dentro para ir à escola. A nossa sorte tem sido o presidente da Associação de Moradores que

Acesso às residências está prejudicado
trabalha dia e noite buscando ajuda para escoar a água. Aqui muita gtente está morando na casa de parentes e alugou casas em outros locais”, afirma.

O presidente da Associação de Moradores do Robalo e do Povoado São José, Genivaldo Andrade, conhecido como Cabeludo, disse que tem contado com a ajuda da Empresa Municipal de Obras e Urbanismo (Emurb). “Nós estamos trabalhando muito. A Emurb enviou máquinas e manilhas para serem feitas as travessias, interligando as lagoas e fazendo córregos. Ontem nós fizemos um córrego de dois mil metros de comprimento”, destaca.

Cabeludo luta para minimizar o problema enfrentado pelos moradores
Trabalhando há dois meses na tentativa de minimizar o problema, o líder comunitário disse ainda que nos próximos dias vão tentar escoar toda a água, que já deixou a estrada do local quase intransitável. “Vamos abrir um córrego, atravessando o Condomínio Morada do Rio, interligando a lagoa do Terêncio, para chegar até o mangue”, enfatiza Cabeludo acrescentando que está fazendo o que pode para escoar toda a água do Povoado São José.

Por Aldaci de Souza

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais