MP busca solução para bloqueio de rua no Santa Maria

0
Moradores e órgãos buscam solução para bloqueio de rua no Santa Maria (Foto: Portal Infonet)

Uma audiência no Ministério Público Estadual (MPE) discutiu, nesta segunda-feira, 20, a situação dos moradores da rua Rosa Azul, localizada no loteamento Ponta da Asa, no bairro Santa Maria, que bloquearam a via em protesto contra a falta de saneamento básico e pavimentação asfáltica. Apesar da mediação promovida pelo MPE, não houve um desfecho definido.

10Os líderes do movimento de moradores irão decidir em conjunto sobre a desobstrução da rua em reunião nesta tarde e conversar com os membros do Ciras, entidade que presta assistência a pessoas com deficiência física e intelectual e que foi prejudicada pelo bloqueio.

Foi sugerido que um caminhão-pipa poderia amenizar a situação, já que um dos principais problemas é a poeira que fica espalhada com o fluxo de veículos. A Emurb solicitou o prazo de cinco dias para verificar o pleito com a presidência. Já a SMTT afirmou que vai procurar uma mineradora, situada na via, para tentar viabilizar uma contrapartida, já que ela possui veículos pesados trafegando e, consequentemente, espalhando poeira na região.

Cinco dias foi o prazo solicitado pela Superintendência também para analisar a possibilidade de implantar sinalização vertical na região, estipulando limites de velocidade.

A promotora Berenice Andrade Melo explicou que o MPE já interveio na questão anteriormente. “Todos foram chamados para que se sintam envolvidos e minimizem o sofrimento da população. É uma mediação. O Ministério Público já utilizou todos os mecanismos que tinha à disposição, que foram as ações civis públicas que foram ajuizadas. Uma foi para manter a via transitável até que se faça a pavimentação. Outra é cobrando a própria pavimentação, porque não atenderam a manutenção. Essa está tramitando, a primeira já foi julgada Queremos que a melhoria aconteça e o prefeito se sinta mobilizado”, cobrou.

Na promotoria do Cidadão e Defesa do Acidentado do Trabalho, Idoso, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos em Geral, estiveram reunidos membros da população local, da Empresa Municipal de Obras e Urbanização (Emurb), do Centro de Integração Raio do Sol (Ciras), da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) e do Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência.

Por Victor Siqueira

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais