Moradores reclamam de acidentes na Av. Osvaldo Aranha

0
Homem de 55 anos morre atropelado na Av. Oswaldo Aranha (Fotos: Portal Infonet)

Moradores e comerciantes da região da avenida Osvaldo Aranha, em Aracaju, estão revoltados com os constantes acidente na via pública. O fato mais recente, ocorreu por volta das 18h30 desta quarta-feira, 23, um homem morreu atropelado enquanto tentava atravessar a avenida localizada na zona Oeste da cidade. Segundo informações de moradores da localidade, após o acidente, o motorista, que dirigia um Siena, fugiu do local sem prestar socorro. A vítima identificada como José Mariano dos Santos, 55 anos, morreu na hora.

Revoltados com o acidente, moradores realizaram um protesto na avenida. Com pneus queimados, eles bloquearam o acesso de veículos nos dois sentidos. Na manhã desta quinta-feira, 24, ainda era possível visualizar o material utilizado no manifesto.

Segundo o vendedor, Orlando Barros, os acidentes na avenida ocorrem com frequência e grande parte deles pela alta velocidade dos motoristas. “Boa parte dos acidentes que acontecem aqui ocorrem pelo fato dos motoristas dirigirem em alta velocidade. Este já é o segundo acidente com vítima fatal em dois dias seguidos. Até quando vai precisar morrer pessoas no trânsito para tomarem uma providência? Antigamente tinha um sinal aqui na avenida, mas acabaram tirando”, conta.

Acidente ocorreu na noite desta quarta-feira, 23

O vendedor, Orlando Barros

A empresária e moradora da localidade, Cassia Melo

Para a empresária e moradora da localidade, Cassia Melo, somente a instalação de uma lombada eletrônica irá reduzir o número de acidentes na localidade. “Acidente aqui é constante. É muitos deles envolvem motocicletas. Uma vez uma senhora foi atingida e foi parar no canteiro da avenida. Deveriam colocar uma lombada para evitar que novos acidentes ocorram na avenida”, conta.

DNIT

A equipe de reportagem do Portal Infonet entrou em contato por meio de telefone com a asessoria de comunicação do Departamento Nacional de Infraestruturas e Transportes (DNIT), mas não obteve êxito.

O Portal segue a disposição do órgão para esclarecimentos sobre a possibilidade de instalação de quebra-molas e lombadas na via, por meio dos contatos (79) 2106-8000 / jornalismo@infonet.com.br.

Por Leonardo Dias e Kátia Susanna

Comentários